Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/guialat/public_html/index.php:3) in /home/guialat/public_html/conecta.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/guialat/public_html/index.php:3) in /home/guialat/public_html/conecta.php on line 2
GuiaLat - A central dos fornecedores de laticínios 

Home » Cadeia do Leite » Custos de produção de leite registra aumento de 2,02% em Setembro

Custos de produção de leite registra aumento de 2,02% em Setembro

13/10/2017 10:50:39 - Por: CILeite

O aumento de preços nos itens que compõem o grupo Concentrado, o maior peso na ponderação do cálculo, foi o principal fator para que o índice tivesse tal elevação.

Responsive image
O custo de produção de leite em setembro registrou aumento, 2,02% no preço dos insumos, em relação a preços praticados no varejo no mês anterior, de acordo com o Índice de Custos de Produção de Leite – ICPLeite/Embrapa1 , calculado pela Embrapa Gado de Leite.

O aumento de preços nos itens que compõem o grupo Concentrado, o maior peso na ponderação do cálculo, foi o principal fator para que o índice tivesse tal elevação. Este grupo variou 3,92%. Produção e compra de volumosos, o segundo maior peso, variou 1,38%. Outros grupos também tiveram alterações significativas como Sanidade, Reprodução e Qualidade do leite, apresentando altas de 3,73%, 2,00% e 1,68% respectivamente. Sal mineral aumentou 0,08% e Energia e combustível foi o único grupo a apresentar deflação: -1,41%. Mão de obra novamente se manteve inalterado. A variação do índice por grupo encontra-se na Tabela 1.

Tabela 1. Variação de custos de produção de leite, geral e por grupo. Setembro de 2017.

Fonte: Embrapa Gado de Leite.

No acumulado do ano, o ICPLeite/Embrapa registra redução de custos de -7,18%. Apesar de o aumento registrado no mês, a alimentação do rebanho continua apresentando deflação, comparada ao último mês de 2016. O grupo Concentrado acumula queda de -20,47% e Produção e compra de volumosos, -1,40%. Estes dois grupos são os motivadores da deflação apresentada no índice. Os demais grupos apresentam variação positiva. Os grupos Mão de obra e Qualidade do leite apresentaram variação positiva de, respectivamente, 5,29% e 7,04%. Os dados encontram-se na Tabela 2.

Tabela 2. ICPLeite/Embrapa. Acumulado no ano de 2017.

Fonte: Embrapa Gado de Leite.

Produzir leite em setembro/2017 foi 9,28% mais barato que em outubro/2016. Isso é o que mostra o acumulado em doze meses do ICPLeite/Embrapa: redução de -9,28%. Novamente, o grupo Concentrado é o principal responsável pela queda verificada, apresentando deflação no período, -27,22%. Os dados encontram-se na Tabela 3.

Tabela 3. ICPLeite/Embrapa. Acumulado de outubro de 2016 a setembro de 2017.

Fonte: Embrapa Gado de Leite.