Home » Cadeia do Leite » A lei do retorno

A lei do retorno

16/03/2017 14:38:22 - Por: Osvaldo Martins de Barros Filho

Não adianta esperar colher arroz, se plantou feijão. Não adianta querer colher laranja, se plantou maçã. Nós colhemos o que plantamos. O que semearmos, vamos colher.

Responsive image
A fumaça do churrasco, às narinas dos vizinhos, é tentadora. Chega ser mais aguçadora do que a própria carne. Pensando nisso levei um prato de carne para nossos vizinhos não sofrerem tanto.

Aqui no interior de Minas, ainda se preserva essa tradição de boa vizinhança. Nunca se devolve um prato vazio.

Passaram alguns dias e a vizinha chamou minha esposa no portão com o prato na mão. Não estava vazio, obvio. Trazia uma peça de carne, devia pesar mais de um quilo. A vizinha matou um bezerro e trouxe uma parte pra nós!

Passaram mais alguns dias, minha esposa fez uma torta de frango coberta com queijo ralado. Nossa, ficou uma delícia! E ela separou uns bons pedaços no prato novamente. Atravessou a rua, bateu no portão e entregou.

Passaram mais outros dias, lá vem a vizinha novamente chamando minha esposa com o prato na mão. O mesmo prato veio com uma rosca de trança e uns biscoitinhos maravilhosos! Já deu pra perceber que este efeito bumerangue ainda vai render muitos bons quitutes gastronômicos e me fará ganhar uns quilinhos a mais.

Pois bem! Deu pra perceber o que quero compartilhar com vocês? No empreendedorismo é a mesma coisa. Se você faz algo de bom, inesperado, surpreendente, certamente isso voltará em benefícios na sua vida profissional. Se você se dedica para agradar o cliente, deixa-lo feliz e surpreendê-lo, certamente isso voltará com um e-mail parabenizando, com compartilhamentos em redes sociais, com indicações para amigos e familiares. É a lei do retorno!

Não adianta esperar colher arroz, se plantou feijão. Não adianta querer colher laranja, se plantou maçã. Nós colhemos o que plantamos. O que semearmos, vamos colher. Isso é fato! Então, passe a semear coisas boas na sua vida empreendedora, cultive bons relacionamentos com clientes, boas amizades e parcerias, os frutos serão doces, você vai ver!

Pare de devolver o prato vazio. Pare de deixar o prato no armário ou na geladeira. Mande o prato com alguma coisa pro vizinho, pro cliente, pros funcionários e pros parceiros. Certamente não voltará vazio. É a lei do retorno!