Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/guialat/public_html/index.php:3) in /home/guialat/public_html/conecta.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/guialat/public_html/index.php:3) in /home/guialat/public_html/conecta.php on line 2
GuiaLat - A central dos fornecedores de laticínios 

Home » Cadeia do Leite » MDS anuncia R$17 milhões na compra de leite em pó de cooperativas familiares

MDS anuncia R$17 milhões na compra de leite em pó de cooperativas familiares

27/11/2017 09:37:35 - Por: Correio do Povo.

De acordo com o MDS, a aquisição será feita ainda neste ano, por meio da modalidade Compra Direta do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Responsive image
O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) anunciou que investirá R$ 17 milhões na compra de leite em pó de cooperativas de agricultores familiares. O valor é suficiente para a aquisição de pouco mais de mil toneladas - o setor havia solicitado a compra governamental de 50 mil toneladas no país. 

Mesmo considerado baixo o investimento, as entidades ligadas à cadeia leiteiraesperam que esta seja a primeira iniciativa de outras que virão na sequência para tentar regular o mercado de lácteos, prejudicado pela alta oferta e queda da demanda. De acordo com o MDS, a aquisição será feita ainda neste ano, por meio da modalidade Compra Direta do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). 

O preço de referência do quilo do leite em pó para a Região Sul, segundo a Conab, é de R$ 11,99. No entanto, aguarda-se a publicação no Diário Oficial da União (DOU) do valor reajustado em R$ 13,94, cotação que vinha sendo reivindicada pelo setor. A Conab, que será responsável por operacionalizar a compra, diz que ainda não recebeu a liberação de recursos para esta finalidade e, portanto, não há definição sobre quando abrirá o prazo para as cooperativas interessadas se inscreverem. 

Para o vice-presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias (Fecoagro/RS), Darci Hartmann, qualquer medida que ajude o mercado a se reequilibrar é bem-vinda.  "No ano passado, por conta dos preços maiores pagos pelo leite, o produtor investiu na propriedade e conseguiu produzir mais neste ano. Por outro lado, o consumo não reagiu", comenta. O presidente do Sindilat, Alexandre Guerra, também avalia como importante a iniciativa do governo, mas espera que não seja a única. "Esta primeira aquisição contribui, desde que tenha continuidade até que se chegue ao volume solicitado pelo setor", reivindica.