Home » Cadeia do Leite » Laticínio Bonolat iniciará atividades na fábrica de Penápolis no segundo semestre

Laticínio Bonolat iniciará atividades na fábrica de Penápolis no segundo semestre

05/01/2018 17:57:36 - Por: Folha da Região

A projeção é de que sejam envasados 200 mil litros de leite por dia quando a empresa estiver em funcionamento e gerando 400 empregos diretos e indiretos.

Responsive image
O laticínio Bonolat iniciará sua produção de leite e derivados no segundo semestre deste ano. A data de início da operação não foi divulgada. As obras começaram em 5 de outubro de 2016. A indústria está sendo instalada em uma área na rodovia Sargento Arnaldo Covolan e o investimento, de R$ 60 milhões, é feito pelo grupo Asperbras, cuja sede é na cidade, mas que tem atuação internacional.

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, o grupo afirma que irá fomentar o agronegócio, tornando-se mais uma opção aos produtores rurais da região. "Expectativas do setor apontam que, mesmo com boa parte de áreas sendo usadas para o cultivo de cana-de-açúcar, a produção láctea não sofreu descontinuidade ou teve diminuição de litragem", destacou.

Visita

Recentemente, o prefeito Célio de Oliveira (PSDB) visitou a unidade. Segundo o chefe do Executivo, antes mesmo de entrar em funcionamento, a Bonolat já projeta sua expansão no mercado. "Inicialmente, trabalhava-se com a proposta de atender o mercado consumidor somente com o leite envasado em caixas longa vida. Porém, a Asperbras adquiriu alguns equipamentos que proporcionará à empresa a possibilidade de fabricar o leite em pó e o leite condensado", disse.

O projeto de expansão foi comemorado pelo tucano, que destacou a fortificação da Bonolat no mercado. "Com a diversidade de produtos que a empresa colocará no mercado, agora com a possibilidade de se fabricar além do leite de caixinha, o leite em pó e o leite condensado, temos a certeza de que mesmo com as oscilações do mercado, a indústria continuará produzindo, adaptando-se às necessidades de cada período e gerando empregos", ressaltou.

Indústria está sendo instalada em uma área na rodovia Sargento Arnaldo Covolan; aporte é de R$ 60 milhões.

Em maio de 2017, em outra visita à construção, Célio recebeu pedido do presidente da Asperbras, o empresário Francisco Colnaghi, para a execução de infraestrutura para facilitar o acesso à empresa. 

Por isso, o prefeito observou que, durante a inauguração da creche-escola do Gualter Monteiro, em junho, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) confirmou a liberação dos recursos para a construção de uma rotatória em frente ao prédio. 

"O orçamento estimado para a construção da rotatória é de aproximadamente R$ 1,5 milhão e, no momento, os nossos esforços estão concentrados na conquista de recursos para a implantação de infraestrutura na via marginal, um prolongamento da avenida Maria Rita de Aguirre Monteiro (paralelo à rodovia Arnaldo Covolan). A equipe da Secretaria Municipal de Obras já fez a abertura deste acesso e agora precisamos do investimento para darmos sequência ao projeto", explicou.

Faturamento

A expectativa é que o faturamento anual da Bonolat seja de R$ 200 milhões, gerando 400 empregos diretos e indiretos. A projeção é de que sejam envasados 200 mil litros de leite por dia quando a empresa estiver em funcionamento. O grupo destacou que o controle de qualidade começa na coleta do leite, que será feito por meio de ordenhas mecânicas e tanques de expansão.