Home » Cadeia do Leite » Laticínio em Paraguaçu Paulista mais que triplicará sua capacidade de produção com o Microbacias II

Laticínio em Paraguaçu Paulista mais que triplicará sua capacidade de produção com o Microbacias II

26/03/2018 10:19:56 - Por: Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

Atualmente, a Associação trabalha utilizando a estrutura do Colégio Agrícola.

Responsive image

O Laticínio Paraguaçu, em Paraguaçu Paulista, mais do que triplicará sua capacidade de produção com os investimentos entregues, na terça-feira, 20, pelo secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim. A estrutura no valor de R$ 1.001.862,08 foi adquirida pela Associação de Produtores de Leite da Estância Turística de Paraguaçu Paulista via Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado. 

A entidade tem capacidade de processar 3 mil litros de leite por dia na fabricação de produtos lácteos. “Atualmente, a Associação trabalha utilizando a estrutura do Colégio Agrícola. Com esse investimento, eles conseguirão ampliar a produção, acessar mais mercados e gerar mais renda”, ressaltou Sergio Pascoal de Campos, diretor do Departamento de Agricultura e Abastecimento do município. 

Um dos 37 pecuaristas de leite contemplados com o investimento, Edmar Antônio enumera orgulhoso que “conseguiremos aumentar de 3 mil litros por dia para 10 mil litros por dia a nossa produção. Vai ser muito bom para todo mundo que faz parte da Associação e para quem quer comprar nossos produtos”. 

Presidente da Associação fundada há 11 anos, o produtor Claudio de Souza destacou que “sem a ajuda da Secretaria a gente não teria conseguido dar esse salto. Quero agradecer muito ao secretário Arnaldo Jardim por esse investimento”. 

“Presidente Prudente se tornou a maior bacia leiteira do Estado. Este investimento que entregamos é muito importante para fomentar a produção de leite, gerando renda e agregando valor, como sempre nos orienta o governador Geraldo Alckmin”, apontou Arnaldo Jardim.

Ajudando 

O Projeto Microbacias II é uma ação executada pela Secretaria de Agricultura, por meio da Coordenadoria de Assistência Integral (Cati), e pela Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBRN).

Tem por objetivo ampliar a competitividade e proporcionar o acesso ao mercado aos agricultores familiares organizados em associações e cooperativas em todo o Estado de São Paulo, bem como organizações de produtores de comunidades tradicionais como quilombolas e indígenas. O Projeto pretende aumentar as oportunidades de emprego e renda, a inclusão social e promover a conservação dos recursos naturais. 

As ações são feitas para garantir o aumento da produtividade e a melhoria na qualidade dos produtos; a integração de melhores práticas de manejo do solo e da água com sistemas de produção mais sustentáveis, além de competitivos; o fortalecimento da capacidade de organização e gerência dos sistemas de produção, as demandas de produtos e qual a viabilidade dentro do mercado; a promoção de uma participação mais ativa dos agricultores familiares em suas associações e cooperativas para se integrarem dentro das cadeias produtivas em suas regiões.