Home » Cadeia do Leite » COPAC projeta investimento de R$ 2 milhões

COPAC projeta investimento de R$ 2 milhões

18/04/2018 10:08:59 - Por: Assessoria de Imprensa Dália Alimentos

Cooperativa de Charqueadas é associada à Dália e pretende investir na instalação de sistema carrossel de ordenha.

Responsive image
Associada à Dália Alimentos, a Cooperativa de Produção Agropecuária dos Assentados de Charqueadas Ltda. (COPAC) projeta o futuro das famílias associadas.  Com vistas a incrementar a produção leiteira, hoje em 4,8 mil litros diários, os associados deram início à obra que ampliará a produção para 15 mil litros de leite diários.

A projeto prevê a instalação de uma ordenhadeira no sistema de carrossel, o que demandará investimento aproximado de R$ 2 milhões. A obra teve início no mês de março, com previsão de conclusão até dezembro deste ano. Um pavilhão está sendo edificado para abrigar o sistema de ordenha carrossel 32 postos, com capacidade para ordenhar entre 180 a 204 vacas por hora, incluindo portão de aproximação, automação de todo o sistema de controle das ordenhas, extração automática, duas antenas de identificação de cio, portão de separação com cinco opções e amamentador de bezerras com dois boxes.

O assentamento está localizado em Fazenda Colônia São Pedro, e é constituído por 22 famílias, com 50 associados ligados à Dália Alimentos. Quanto ao leite, a produção diária é de 4,8 mil litros, oriunda de um rebanho composto por 350 animais, sendo 150 vacas lactantes. As famílias ainda trabalham com suínos, entregues à Dália no modo terminação, alojando 1,2 mil cabeças alo por lote.

Foto: Carina Marques

A área total do assentamento é de 407 hectares onde, além das atividades leiteira e suinícola, é desenvolvido o plantio de 50 hectares de arroz orgânico, resultando na produção anual de cinco mil sacas; cultivo de um hectare de horta orgânica para abastecer as famílias, os presídios de Charqueadas e o Supermercado da COPAC. No assentamento também há uma padaria, a cargo das famílias, onde todo alimento produzido é comercializado nos municípios vizinhos e nos programas PAA e PNAE.

Recentemente, o presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini, esteve visitando a obra do novo investimento e também as instalações da COPAC junto dos coordenadores Leocir José Cazarotto e André Francisco Onuczak.