Home » Cadeia do Leite » Laticínio Leite Vida em Nova Mutum/MT obtém certificado de registro no S.I.M

Laticínio Leite Vida em Nova Mutum/MT obtém certificado de registro no S.I.M

24/04/2018 10:50:29 - Por: Power Mix. Foto: Divulgação

O certifica autoriza a produção e a comercialização de produtos lácteos em todo território municipal.

Responsive image
Seguindo a política de valorização da agricultura familiar, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente entregou recentemente o certificado de registro no Serviço de Inspeção Municipal (S.I.M) do laticínio Leite Vida de propriedade do produtor Ailton Meira.

O certifica autoriza a produção e a comercialização de produtos lácteos em todo território municipal. O Certificado é oferecido para as agroindústrias de origem animal e vegetal que seguem as orientações do Departamento de Inspeção, para que possam comercializar seus produtos em estabelecimentos comerciais de Nova Mutum. 

Parte do leite produzido pelo laticínio será oferecido às creches e escolas da rede municipal, onde será utilizado cerca de 20.000 litros durante o ano letivo de 2018. A ação faz parte da aquisição merenda escolar oriunda da agricultura familiar. 

O vice-prefeito Leandro Félix esteve presente no ato de entrega do certificado de registro e destacou a coragem do produtor Ailton Meira. “É pessoas assim que precisam ser valorizadas, o Ailton é um verdadeiro empreendedor, que busca oferecer para nossa comunidade um produto de qualidade, e agora, com a implantação deste laticínio, irá estimular toda a atividade leiteira do município”, acrescenta. 

Durante a entrega do certificado, o Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Renato Kremer, destacou que um dos objetivos da gestão é estimular o desenvolvimento das agroindústrias locais. “Na verdade esse certificado é um estimulo para de pequeno porte de origem familiar, é uma forma de movimentarmos a nossa economia e ainda podermos oferecer produtos saudáveis à mesa do consumidor mutuense”, relata. 

O diferencial do produto segundo o produtor Ailton Meira, é que o leite é pasteurizado, sendo 100% natural, sem a presença de conservantes e estabilizantes. “Nosso produto é feito dentro de todos os processos exigidos pela vigilância, é natural e está a venda nos supermercados e padarias de nossa cidade, além das escolas com a merenda escolar”, cita. 

O médico veterinário, Anderson Celestino, responsável pelo Serviço de Inspeção Municipal (S.I.M), explica que o processo de pasteurização visa eliminar as bactérias patogênicas presentes no leite cru. “Para o estabelecimento obter o registro no SIM, basta procurar o Departamento de Inspeção da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, para que possam ser realizadas as vistorias e orientações nos locais onde serão desenvolvidas as atividades”, destacou.