Home » Cadeia do Leite » Embaré realiza aportes de R$ 15 milhões em sua linha de produtos

Embaré realiza aportes de R$ 15 milhões em sua linha de produtos

14/05/2018 10:42:10 - Por: Diário do Comércio

Produção deve aumentar até 8% neste ano. Fábrica localizada em Lagoa da Prata tem capacidade para processar 2,4 milhões de litros de leite.

Responsive image
A Embaré Indústrias Alimentícias S/A totalizou um investimento de R$ 15 milhões em sua sede em Lagoa da Prata, no Centro-Oeste mineiro, para lançar uma linha de caramelos Premium, repaginar os requeijões Camponesa e ainda se preparar para estrear uma linha de queijos. A empresa vai somar a isto os impactos do investimento de R$ 50 milhões feito em 2016 que estão tendo efeito somente agora para alavancar a produção. Além desses aportes, a entrada de novos mercados consumidores deve contribuir para que 2018 signifique um ano de crescimento para a Embaré. Pelo menos em se tratando do volume de produção, a expectativa é um aumento de 7% a 8% em todas as linhas.

“Tivemos este investimento de R$ 50 milhões em 2016 que por causa da crise não pudemos aproveitar e que deve ser utilizado agora. Na ocasião, houve uma expansão na fábrica, uma mudança de maquinário, aumento da capacidade de produção e melhorias, mas ainda não tivemos o retorno deste investimento. Estamos esperando para este ano um aumento do volume de produção utilizando esse aporte”, explica o diretor presidente da Embaré, Romero Marinho.

Além disso, segundo ele, em 2017 houve uma queda de 15% no preço dos lácteos que também não ajudou a gerar um crescimento significativo do faturamento da empresa até então. Se no ano passado o faturamento foi na ordem de R$ 1,4 bilhão, para este ano, a previsão é de cerca de R$ 1,5 bilhão.

A carta na manga é a nova linha de caramelos Premium da Embaré, que reacende a expectativa de crescer tanto no mercado interno, que corresponde a 60% do total de consumidores, como no mercado externo (40%). A expectativa com o lançamento dos novos produtos é aumentar de 20% a 22% o volume de produção em relação ao ano passado.

Novidades - Os caramelos Premium foram lançados na feira Apas Show em São Paulo, com o incremento de ingredientes nobres e textura mais cremosa para agradar aos consumidores mais exigentes. Os novos sabores são torta de limão, mousse de chocolate belga, café expresso e mousse de maracujá.

Já a nova linha de requeijão da marca de lácteos da Embaré está disponível no mercado, a princípio, somente em Minas Gerais. Trata-se do Requeijão Camponesa nas versões tradicional e light, em embalagens de 200g e 420g. Com menos açúcares, receita sem amido, novas embalagens e nova linha de produção, o upgrade atende a uma demanda antiga do mercado, segundo o presidente da Embaré, Romero Marinho. A nova linha de produtos contou com um investimento de R$ 4 milhões aplicados na estrutura interna na fábrica em Lagoa da Prata.

Além destes, a Embaré também deve lançar uma linha de queijos. Os detalhes não foram divulgados pela empresa. Mas, somados os novos caramelos, o Requeijão Camponesa e a nova linha de queijos demandaram um investimento total de R$ 15 milhões.

Novos mercados - A expectativa em relação ao crescimento da marca se deve, não só aos novos produtos e a aposta em uma linha Premium, mas também a entrada de novos mercados consumidores. Segundo Romero, a Embaré passa a exportar para novos países, reforçando sua presença nos cinco continentes. Já no mercado interno, a marca entra com mais força em São Paulo este ano e, consequentemente, na região Sudeste. Atualmente, a Embaré exporta seus produtos para 45 países.

Produção - A empresa se consolida como a sexta maior marca de lácteos do País e atualmente emprega 1.600 pessoas. A fábrica localizada em Lagoa da Prata possui capacidade para processar 2,4 milhões de litros de leite por dia, e na área da confeitaria, a capacidade produtiva é de 2 toneladas por mês.