Home » Cadeia do Leite » Zâmbia: Zambeef constrói maior sala de ordenha rotativa da África Central

Zâmbia: Zambeef constrói maior sala de ordenha rotativa da África Central

11/07/2017 09:57:44 - Por: Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint

A instalação usa a mesma tecnologia encontrada na Nova Zelândia. Terá capacidade de ordenhar até 2.500 vacas por dia.

Responsive image
A Kalundu Dairy Farm, da Zambeef Products, construiu a maior sala de ordenha rotativa do Zâmbia e da África Central. A adição de US$ 1,5 milhão à fazenda, em Chisamba, dará à empresa de processamento de alimentos e varejo a capacidade de ordenhar até 2.500 vacas por dia.

Os novos sistemas e tecnologias permitirão o manejo de rebanhos maiores, o que é importante para a eficiência e o crescimento da indústria, disse o diretor de varejo, marketing e assuntos corporativos da Zambeef, Felix Lupindula.

A instalação usa a mesma tecnologia encontrada na Nova Zelândia. É composta por sensores computadorizados para auxiliar o departamento veterinário e o pessoal da Zambeef na identificação de áreas que precisam de atenção. Cada vaca está equipada com um monitor para coletar dados em cada sessão de ordenha.

A sala de ordenha permite um sistema de rebanho fechado que serve para prevenir transmissões de doenças de animal para animal ou humano para animal. Estão em andamento planos para instalar ventiladores na sala de ordenha para ajudar a resfriar as vacas durante os meses mais quentes de verão. A sala também inclui um sistema de resfriamento maximizado designado para manter a integridade e o frescor do leite, mantendo as temperaturas do tanque de armazenamento em níveis regulados.

O leite é transferido diretamente para tanques de leite a granel, que são entregues à planta de processamento de leite da Zambeef, nas proximidades da fazenda Huntley, a 25 km a oeste de Chisamba.

Operando em plena capacidade, a planta rotativa permitirá que a Zambeef produza até 60.000 litros de leite por dia para alimentar sua planta de processamento de leite de capacidade de 100.000 litros na Huntley Farm, com uma produção adicional de 30.000 fornecida por produtores de pequena escala.

Além da nova sala de ordenha, há planos para construir mais quatro galpões, cada um com capacidade para abrigar 300 vacas por vez, em antecipação à maior capacidade do sistema rotativo de ordenhar até 2.500 bovinos nos próximos anos.

"A indústria de lácteos no Zâmbia tem um grande potencial com muito espaço para o crescimento e a Zambeef continua empenhada em realizar investimentos importantes, como a sala de ordenha rotativa, que desempenha um papel fundamental para impulsionar esse crescimento".

No início deste mês, a empresa publicou seus resultados financeiros do primeiro semestre de 2017, que mostraram um aumento de 42,9% no volume de produção de lácteos de 6,52 milhões de litros para 9,32 milhões de litros.

Entretanto, a Zambeef disse que, apesar do forte crescimento do volume, as dificuldades operacionais na unidade de Kalundu levaram a uma queda na produção de leite e a um aumento no custo dos bens - como resultado, o lucro bruto caiu 41%,US $ 1,1 milhão.