Home » Cadeia do Leite » Exposição Agropecuária de Uberlândia, Camaru, deve movimentar R$ 55 milhões

Exposição Agropecuária de Uberlândia, Camaru, deve movimentar R$ 55 milhões

10/08/2017 09:22:21 - Por: Diário do Comércio

Apesar das quedas nos preços do leite e desvalorização da arroba do boi gordo, expectativas são positivas. A feira acontece de 30 de agosto a 10 de setembro.

Responsive image
Com investimentos próximos a R$ 10 milhões, a 54ª Exposição Agropecuária de Uberlândia (Camaru 2017) deve reunir mais de 1.200 animais que irão participar dos torneios leiteiro, leilões e exposições. Mesmo com a crise econômica, as expectativas são positivas, uma vez que os investimentos na melhoria genética dos animais são fundamentais para tornar a produção mais competitiva. A feira, que acontece de 30 de agosto a 10 de setembro, em Uberlândia, no Triângulo, é realizada pelo Sindicato Rural de Uberlândia e deve movimentar cerca de R$ 55 milhões.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Uberlândia, Thiago Fonseca, além de o evento ser um espaço onde os produtores poderão conhecer os melhores exemplares de várias raças bovinas e equinos Mangalarga Marchador, também haverá espaço para capacitação e lazer.

“As expectativas em relação ao evento sempre são muito boas. Nosso torneio leiteiro é um dos mais importantes do País, onde já quebramos dois recordes mundiais. As grades de shows, palestras e cursos estão bem amplas e vão agradar os criadores e a população em geral”.

O Camaru 2017 deve receber mais de 400 mil visitantes. Haverá ampla programação técnica com participação de criadores das raças bovinas Senepol, Nelore, Simental, Girolando e Gir Leiteiro e de cavalos Mangalarga Marchador.

Também estão previstos leilões de elite, exposições ranqueadas, julgamentos e torneio leiteiro, além de rodeio em touros, cursos e palestras.

Projeções - A movimentação financeira deve alcançar cerca de R$ 55 milhões, valor equivalente ao gerado na edição de 2016. “Em função do atual cenário econômico, os negócios ao longo da exposição devem repetir o resultado da edição anterior. Questões como as quedas consecutivas nos preços do leite e a arroba do boi gordo desvalorizada desde a Operação Carne Fraca também vão contribuir para a manutenção dos resultados”, disse Fonseca.

Eventos complementares - Durante o Camaru será realizada a 9ª Exposição Especializada do Gir Leiteiro de Uberlândia e a Exposição Interestadual do Girolando, que acontecerão entre os dias 4 e 9 de setembro. Os julgamentos destas raças estão previstos para os dias 8 e 9 de setembro. A expectativa dos organizadores é reunir criadores de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. É esperada a inscrição de cerca de 250 animais da raça Girolando e 200 da raça Gir Leiteiro.

Outro evento importante que compõe a programação do Camaru 2017 é o Mega Encontro Internacional do Senepol – Do Pasto ao Prato. O evento, que é promovido pela Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), reunirá os principais criadores da raça para discutir ações de promoção, melhoria da raça, mercado, certificação da carne, sanidade, entre outros. Além de leilões da raça também haverá exposição dos animais. A expectativa é reunir no Camaru em torno de 300 exemplares.

Os criadores de Nelore de todo o País também estarão presentes no evento. A expectativa da organização é que, pelo menos, 300 animais participem dos julgamentos.

Durante o Camaru será realizada a 18ª edição da exposição especializada da raça Mangalarga Marchador de Uberlândia. Cerca de 200 cavalos dos principais criatórios de Minas Gerais, São Paulo e Goiás serão julgados.